Passar para o Conteúdo Principal Top

Centro Municipal de Telecomunicações

Âmbito

Proposta de âmbito geral

Proponente

Sistema

Data Submissão:

03-08-2018

Construção de uma Infraestrutura base para a cedência a entidades cuja atividade tenha necessidade de comunicações através de ondas de rádio.

PORQUÊ?
O território do nosso Concelho é muito plano e tem uma cota diminuta em relação ao nível do mar. Para além disso, grande parte do mesmo é banhado por água, seja de rios, do mar ou da ria de Aveiro. Todos estes fatores condicionam fortemente a propagação eficaz das ondas de rádio.

ONDAS DE RÁDIO?
Onda de rádio não significa obrigatoriamente emissão que se ouça na telefonia. Há inúmeros tipos e frequências de rádio que usamos no nosso dia-a-dia, apesar de não as identificarmos como tal!

PARA QUÊ?
No nosso Concelho recebemos com mais facilidade ondas de rádio vindas de fora, de locais mais altos, do que emitidas por nós, cá dentro. O Centro Municipal de Telecomunicações situar-se-á, portanto, no ponto mais alto do Concelho, combatendo através da localização esse fenómeno.

PONTO MAIS ALTO?
A proposta apresentada prevê que a instalação da infraestrutura seja feita em S. Vicente de Pereira, a Freguesia que apresenta as maiores cotas em relação ao nível do mar do nosso Concelho.

QUE INFRAESTRUTURA?
O Centro Municipal de Telecomunicações será constituído, em termos básicos, por uma torre de telecomunicações e uma cabine de apoio que albergará os equipamentos de comunicações. Do projeto faz também parte a aquisição do terreno para a implantação do mesmo.

ISSO DEVE FAZER MUITAS INTERFERÊNCIAS…
A infraestrutura por si só não fará nenhuma, como é lógico… Cada equipamento de comunicações que lá venha a ser instalado terá obrigatoriamente que ser licenciado antes de iniciar a sua atividade. Essa é uma preocupação legítima, mas inexistente e há muito autorregulada pelo setor.

QUEM PODERÁ UTILIZAR?
Isso dependerá do interesse dos operadores e, claro, do Regulamento que a Câmara Municipal venha a criar para o efeito. Alguns exemplos serão Estações de Rádio, Estações de Televisão, Corporações de Bombeiros, Proteção Civil, Autoridades Policiais, Forças Militares, Operadores de Telemóveis e Radioamadores.
O Centro Municipal de Telecomunicações poderá ainda acolher instrumentos de monitorização meteorológica e servir de ponto de partida para a cobertura pública do acesso à Internet sem fios do nosso Concelho.

QUEM BENEFICIA?
Toda a população do Concelho

AS COMUNICAÇÕES SÃO ASSIM TÃO IMPORTANTES?
Neste início do Século XXI são fundamentais e não irão perder relevância seguramente. Comunicar é, efetivamente, uma necessidade premente. Comunicar de forma pouco eficiente ou com interferências poderá ter desfechos catastróficos, como infelizmente se assistiu não há muito tempo no nosso País com a perda de vidas humanas…

O QUE É QUE A CÂMARA TEM A VER COM COMUNICAÇÕES?
Nada, nem passará a ter. Terá, isso sim, disponível uma infraestrutura ímpar no nosso País para ceder, de acordo com um Regulamento; a entidades cuja atividade passe pelas comunicações. Defendemos que esse Regulamento privilegie entidades com sede no nosso Concelho em relação a outras externas. O Centro Municipal de Telecomunicações poderá até gerar receitas para o Município, se esse for o entendimento do Executivo, por exemplo cobrando taxas de utilização a operadores cuja atividade seja comercial.

ISSO NÃO COMPETE AOS OPERADORES?
De alguma forma sim. Contudo, alguns não terão os meios financeiros disponíveis para construir a infraestrutura. Outros, se puderem manter a sua atividade comercial sem a necessidade de realizar esse investimento; mesmo que prestando um serviço de menor qualidade, irão optar por deixar estar tudo como está.
Por outro lado, o território do nosso Concelho não dispõe assim de uma extensão com altitude interessante tão grande quanto isso… Um fenómeno de licenciamento de várias destas infraestruturas, na verdade seria um problema e não uma solução…
Entretanto quem sai sempre prejudicada com tudo isto é a população do Concelho de Ovar.

HÁ GARANTIAS QUE EXISTAM INTERESSADOS EM USAR A INFRAESTRUTURA?
Sim, pelo menos uma emissora de rádio local já assumiu esse interesse e considera da maior importância que tal venha a acontecer para a melhoria da sua cobertura, mesmo dentro do Concelho de Ovar. Concretizando, trata-se da Rádio Antena Vareira.
Não será fácil captar o interesse de operadores para algo que ainda não existe. Seguramente, tão logo a infraestrutura começar a ser instalada a adesão será natural, pois trata-se de uma mais-valia que ninguém irá querer ver passar ao lado…

CENTRO MUNICIPAL DE TELECOMUNICAÇÕES:

  • Beneficia toda a população do Concelho de Ovar
  • Pode atrair investimento
  • É sinal de desenvolvimento
  • Aumenta o património Municipal
  • Será a única infraestrutura do género no País
  • Ajudará o nosso Concelho a chegar mais longe
  • É um investimento para durar no tempo

https://www.facebook.com/centromunicipaldetelecomunicacoes/


Comentários

Não existem comentários